Quarta-feira, 24 de Março de 2010
Pena, pena, muita pena...

 

 

 

Pena, pena, muita pena, foi aquilo que todos nós tivemos com o facto de não termos conseguido, pela primeira vez nestes últimos cinco anos, o acesso à final do campeonato nacional A1.

Mas pena, pena, muita pena, foi também aquilo com que se depararam os nossos jogadores sempre que tentaram rematar junto à rede - um verdadeiro muro... de penas, que embora fosse feito... de penas, sempre se mostrou intransponível.

De facto, não se afigurava nada fácil a tarefa da nossa equipa de voleibol.

O Benfica, desde o início desta época, tem surgido sempre num constante crescendo de forma, com um serviço e um ataque absolutamente demolidores, a que agora ainda conseguiram acrescentar um bloco pouco menos do que inultrapassável.

O Benfica é, em boa verdade, um adversário cada vez mais difícil de derrotar.

Mas apesar de todas estas dificuldades, a equipa do Vitória bateu-se com galhardia, vendendo bem cara a passagem à final do campeonato. Alturas houve mesmo, em que o Vitória quase conseguiu dar a volta a este jogo.

Não vencemos, por alguma falta de sorte, por alguns erros de arbitragem, mas principalmente porque o Benfica foi de facto mais forte.

A verdade nua e crua é que esta época, nos cinco jogos disputados entre os dois clubes, o Benfica venceu-os todos.

Mas não seria justo esquecer a prestação dos nossos atletas, que fizeram o possível e o impossível para vencer a partida. Foram exemplares no empenho e na defesa das nossas cores, honrando o emblema que orgulhosamente trazem no peito.

Por tudo isso, pelas muitas alegrias que nos deram ao longo da época, e inclusivamente em períodos deste mesmo jogo, a massa adepta deve estar-lhes agradecida.

Nós, os vitorianos, mais uma vez nos orgulhamos de todos vocês...

 

............................................................................José Rialto

(cartoon publicado no sítio da Associação Vitória Sempre)

 



publicado por Miguel Salazar às 01:44
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

4 comentários:
De anónimo a 24 de Março de 2010 às 09:10
é isso mesmo.
A realidade é uma. não se pode ganhar sempre.

Há que manter algum equilíbrio nesta hora de tristeza.
Não fomos os melhores , mas confrmamos o Vitória no topo do vólei nacional.


De Miguel Salazar a 24 de Março de 2010 às 21:20
Concordo em absoluto consigo.
O fundamental é manter o Vitória no topo.
E isso foi conseguido...


De Jaime Marques a 24 de Março de 2010 às 12:38
O Benfica mostrou que tem uma equipa muito superior à nossa.
Apesar do elevado orçamento do Vitória, não tenho dúvidas que o Benfica e o Espinho gastam muito mais.
Coloca-se a questão. Que futuro para a esta secção ?
Temos que viver com as nossas reais capacidades financeiras e habituarmo-nos a ter equipas menos fortes, a dar tudo por tudo, mas sem ordenados em atraso. O importante é ver o grande número de atletas dos vários escalões/masc e fem./ que praticam esta modalidade e esta euforia muito se deve à excelente prestação da equipa principal.


De Miguel Salazar a 24 de Março de 2010 às 21:25
Tem de se arranjar alternativas para manter o voleibol no topo (e quem fala do voleibol também fala do basquete).
O que não se pode correr o risco perder é todo um trabalho que tem vindo a ser desenvolvido há muitos anos, e que culminou com a obtenção dos títulos nacionais. Trabalho que se iniciou bem antes de EMS se ter feito sócio do Vitória...


Comentar artigo

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

Pois é, Pedro...

Socratis sinistrus...

o "álb'oon" em destaque (...

o "álb'oon" em destaque (...

VAR - Video And Rescue...

Eh pá... Criem-na lá !...

O senhor Júlio vai à Rádi...

O senhor Júlio e o amigo ...

Contas de Merceeiro...

Esse Mito Urbano chamado ...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas