Quinta-feira, 19 de Agosto de 2010
o Castigo...

Emílio MacedoEntão, Valdomiro, passaste-te?

ValdomiroPô, presidente, eu estava só defendendo os meus direitos. Eu só disse a verdade…

EMIsto não se trata efectivamente de estar ou não estar a dizer a verdade. Portanto, aquilo que efectivamente está em causa é que tu não podes dizer estas coisas para a Comunicação Social, sem estar efectivamente autorizado por mim. Porque senão, as pessoas ficam a pensar que o Vitória é um clube no qual não tem uma hierarquia de comando.

VMas presidente, você quer ficar com a grana toda, e eu tenho direito à metade…

EMÓ Valdomiro, portanto tu tinhas era de ter ficado calado. Fazias efectivamente como eu faço, que raramente falo, portanto só mesmo quando sou obrigado, e aí…

VVocê mente, doutô??? (disse, incrédulo)

EM Não, Valdomiro! Aquilo que eu faço efectivamente é, portanto, contornar a verdade, por assim dizer. Sabes que os sócios querem sempre efectivamente acreditar naquilo que se lhes diz e, portanto, nós só temos é de efectivamente aproveitar. Foi o meu amigo Luís Filipe quem efectivamente me explicou isto. Os sócios é que efectivamente pensam que os protocóis não servem para nada. E isso é que é efectivamente uma grande mentira…

VVocê está falando a sério mesmo? Ou está contornando a verdade?

EMClaro que estou efectivamente a falar verdade. Quanto maior for a menti… desculpa, a verdade contornada, mais eles efectivamente acreditam.

V -

EMSe assim não fosse, como é que pensas que eu efectivamente ainda era Presidente?

VPois… mas o que eu quero mesmo é metade da grana!

EMÓ homem, portanto tu ainda não percebeste, pois não? O Vitória tem efectivamente um líder, um chefe… que sou eu. E, portanto, para aprenderes a ficar efectivamente calado, ficas de castigo em tua casa até aprenderes. Percebeste?

V -

EMPorque, portanto, quem efectivamente manda no Vitória... sou eu!...


José Rialto

 

(cartoon publicado na Voz do Berço e no Depois Falamos)




publicado por Miguel Salazar às 23:38
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

6 comentários:
De anónimo a 20 de Agosto de 2010 às 08:56
caro autor
Um dia qualquer efectivamente estás a falar com alguém e ainda te sai um portanto efectivamente, no qual nem te apercebes.
cuidado, que estas coisas pegam-se
CM


De Miguel Salazar a 20 de Agosto de 2010 às 14:33
Meu caro CM,
Eu estou efectivamente convencido de que tal não irá acontecer.
Portanto, efectivamente, o meu caro amigo tem de efectivamente compreender que eu sou uma pessoa na qual não pode ser influenciada portanto por este tipo de situações...


De SicGloriaTransitMundi a 20 de Agosto de 2010 às 10:33
Caro Miguel:

Será que é mesmo ele que manda?????

Será que há mesmo quem mande???...Ou anda lá tudo a sabor do vento???


De Miguel Salazar a 20 de Agosto de 2010 às 14:45
Pois é, Dona Glória, isso também é uma grande verdade.
Mas outra grande verdade é a de que nunca o iremos saber ao certo, não concorda... minha senhora?...


De Nuno Mota a 21 de Agosto de 2010 às 00:46
Mais uma preciosidade! Portanto está de Parabéns pelo excelente efectivamente trabalho e portanto ou vice versa, espero que continue a efectivamente brindar os Vitorianos com estas obras de arte .



De Miguel Salazar a 21 de Agosto de 2010 às 10:17
Muito obrigado, Nuno...


Comentar artigo

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

Socratis sinistrus...

o "álb'oon" em destaque (...

o "álb'oon" em destaque (...

VAR - Video And Rescue...

Eh pá... Criem-na lá !...

O senhor Júlio vai à Rádi...

O senhor Júlio e o amigo ...

Contas de Merceeiro...

Esse Mito Urbano chamado ...

Esse Mito Urbano chamado ...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas