Terça-feira, 20 de Março de 2012
Ilustres Vimaranenses (5) - Moreira de Sá…

 

 

 

 

Bernardo Valentim Moreira de Sá nasceu em Guimarães, no dia 14 de Fevereiro de 1853.

Este ilustre vimaranense notabilizou-se como músico, concertista, maestro, professor, mas principalmente como violinista.

Ao longo da sua carreira musical, participou em variadíssimas “tournées”, tanto no continente europeu como no americano, na companhia de amigos como Viana da Motta, Pablo Casals ou Harold Bauer.

Moreira de Sá foi discípulo do eminente violinista alemão Joseph Joachim. Joachim era, nessa altura, Director da Escola Superior de Música de Berlim, e foi discípulo de Schumann e de Mendelssohn.

Bernardo Moreira de Sá foi professor na Escola Normal do Porto, leccionando as disciplinas de Português, Francês, Inglês, Alemão, Matemática e Música. Chegou a Director da Escola Normal, cargo que ocupou até à data da sua morte.

Fundou sucessivamente a Sociedade de Concertos, a Sociedade de Música de Câmara, a Sociedade de Concertos "Orpheon Portuense" (a mais antiga sociedade de concertos da península Ibérica) e o Quarteto Moreira de Sá.

Fundou o Conservatório de Música do Porto, que também acabou por dirigir.

Do seu espólio literário, constam várias publicações sobre a história da Música, bem como sobre temas a ela associados. Desse espólio, destacam-se a "História da Música", a "História da Evolução Musical", e a "Teoria Matemática da Música". Esta última obra foi escrita em francês, tendo sido estudada e amplamente comentada no Congresso Internacional de Música de Paris, em finais do século XIX. Publicou ainda inúmeros manuais para o ensino, como Selectas e Dicionários de Francês, Português, Inglês e Alemão, ficando célebres as suas "Palestras Musicais".

O Rei Dom Luís pretendeu agraciá-lo com a comenda da Ordem de Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa, mas Moreira de Sá acabou por declinar esse título honorífico.

Do seu círculo de amizades, faziam parte outras eminentes personalidades do meio cultural português e mundial, como eram os casos de Charles Vidor, Leon Sachs, Claude Debussy, Maurice Ravel, Pablo Casals, Harold Bauer, Pablo Sarasate, Guilhermina Suggia, Arthur Rubinstein, Antero de Quental e D. Tomaz de Mello Breyner (Conde de Mafra).

Foi membro honorário de inúmeras sociedades culturais, como a Academia das Ciências de Portugal, a Academia Real de Málaga e a Sociedade Martins Sarmento.

Bernardo Moreira de Sá deu ainda início a uma dinastia de ilustres músicos, como foram os casos das suas netas, a pianista Helena Sá e Costa e a violoncelista Madalena Sá e Costa.

Moreira de Sá faleceu no Porto, no dia 2 de Abril de 1924.

A cidade de Guimarães prestou-lhe o seu tributo, ao dar o seu nome ao largo que liga a alameda de São Dâmaso à avenida Dom Afonso Henriques.

Em honra a este ilustre vimaranense, a Sociedade Musical de Guimarães criou a Academia de Música Valentim Moreira de Sá.

A cidade do Porto também prestou a sua homenagem a Moreira de Sá. A 20 de Maio de 1937, o vereador Dr Almeida Costa apresentou a seguinte proposta à Comissão Administrativa do Porto, que foi aprovada por unanimidade…

O falecido Professor Bernardo Valentim Moreira de Sá, como violinista e concertista insigne, pedagogo admirável, musicólogo e publicista, erudito e sábio, e ainda pelas suas distintas e notabilíssimas qualidades de carácter e de coração, conquistou, através da sua longa vida de trabalho indefeso, entusiástico e fecundo, a simpatia respeitosa e a admiração sincera de quantos em Portugal conheceram a actividade multímoda, inquebrantável e brilhante desse homem que foi ao mesmo tempo um Artista e um Erudito, a quem a cultura nacional, e sobretudo o meio musical português ficaram devendo reconhecimento indelével, pelos serviços verdadeiramente extraordinários que lhe prestou. Nestas condições tenho a honra de submeter à apreciação de Vossas Excelências a seguinte proposta: - Que, à rua de sentido sudoeste-nordeste perpendicular às ruas de Augusto Gil e Cinco de Outubro, seja dado o nome de Moreira de Sá.”

 

Fernão Rinada

 

(caricatura publicada nos blogues Humorgrafe e Memórias de Araduca)

 

Fontes de pesquisa:

Ribas, uma Dinastia de músicos no Porto do século XIX

Bernardo Valentim Moreira de Sá - Biografia e Obra

Academia de Música Valentim Moreira de Sá

Fotografia de Moreira de Sá



publicado por Miguel Salazar às 00:00
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

2 comentários:
De António Amaro das Neves a 22 de Março de 2012 às 16:21
Muito bom, como de costume. Apenas noto que o Fernão Rinada chama ao músico Bernardino (duas vezes), o que me faz lembrar que em Guimarães o costumam chamar de Valentim Moreira de Sá, quando o nome que usava era Bernardo Moreira de Sá.

Levo-o comigo.

Um abraço
António


De Miguel Salazar a 22 de Março de 2012 às 17:08
António,
Obrigado pela correcção.
O Rinada é uma artista...
Vou proceder à alteração de imediato...
Abraço


Comentar artigo

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

o "álb'oon" em destaque (...

o "álb'oon" em destaque (...

VAR - Video And Rescue...

Eh pá... Criem-na lá !...

O senhor Júlio vai à Rádi...

O senhor Júlio e o amigo ...

Contas de Merceeiro...

Esse Mito Urbano chamado ...

Esse Mito Urbano chamado ...

As 4 Cartilhas do Vitória...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas