Segunda-feira, 2 de Janeiro de 1978
o Espaço Expositivo, na Casa da Memória...

 

O espaço expositivo da Casa da Memória era composto pelos dois pavilhões acima esquematizados, com cerca de 400m2 cada um.


A visita iniciava-se pelo pavilhão Poente (o de baixo, no esquema), onde se podia encontrar o painel de entrada, com uma auto-caricatura e um excerto do Prefácio do livro, assinado por Osvaldo Macedo de Sousa.

Na parte de trás deste painel, estavam expostos os Primeiros Trabalhos, onde se poderia observar a minha evolução durante os primeiros 2-3 anos. De salientar a caricatura de Toninho Cerezzo (a mais antiga das que ainda conservo) e a de Toni, como tendo sido a primeira em que utilizei o bico-de-pena e a tinta-da-china.

A sul desta posição, encontrava-se a mesa das Primeiras Páginas de jornais, e no extremo do pavilhão mais a sul, o mural do Torneeo de todollos Campeoens, alusivo à primeira (e única) participação de uma equipa portuguesa na Liga dos Campeões de voleibol.

Na parede poente encontravam-se as caixas de luz com jogadores de futebol da história mais recente do Vitória.

Um painel (com equipas de futebol do Vitória) separava esta zona da galeria das Velhas Glórias Vitorianas do blogue D. Afonso Henriques.

À frente desta secção da parede, estavam suspensas as ampliações de várias Glórias Desportivas Vimaranenses.

No extremo norte deste pavilhão, duas mesas com caricaturas de jogadores de futebol, uma de estrangeiros dos anos 1983 e 1984, e outra com jogadores do Vitória do final da década de 80.

 

À entrada do pavilhão Nascente (o de cima, no esquema), encontrava-se um painel com a ficha técnica da Exposição.

À direita e à esquerda do painel, junto às janelas, estavam cinco placas suspensas, com ampliações de atletas vitorianos representando as várias selecções nacionais.

Por trás do painel de entrada, encontrava-se um dos arranjos mais apreciados da exposição - as ilhas de caixas iluminadas -, distribuídas pelo espaço mais central do pavilhão, com atletas das várias modalidades do Vitória.

A norte e a sul desta zona, encontravam-se as duas apresentações multi-média da exposição: primeiro (assinalada com o nº1, no esquema), a exibição de um filme "stop-motion" com o desenho da caricatura de António Xavier (ver aqui), e depois (assinalada com o nº2), a projecção dos cartoons referentes à época de futebol do Vitória de 2009/10 (ver aqui).

Por trás de cada um dos dois painéis onde eram projectadas estas duas apresentações multi-média, encontravam-se os totens com outras Glórias Desportivas Vimaranenses, aquelas que foram sendo desenhadas durante o tempo em que a exposição esteve patente ao público.

Na parede nascente deste pavilhão, as duas últimas colecções de cartoons: na secção mais a norte, os Dias das Trevas, em que se assinalavam os episódios mais tristes da vida associativa e desportiva do Vitória, com particular destaque para os desastrosos mandatos de Emílio Macedo da Silva e, na secção mais a sul, os Dias de Glória dos clubes da cidade (Vitória, Xico d' Holanda e Moreirense), onde se destacavam as conquistas das Taças de Portugal do Vitória, em basquetebol (duas), voleibol e futebol, e ainda a conquista do campeonato nacional do voleibol pelo Vitória, e a do andebol pelo Xico d' Holanda.


Miguel Salazar



publicado por Miguel Salazar às 00:30
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

Socratis sinistrus...

o "álb'oon" em destaque (...

o "álb'oon" em destaque (...

VAR - Video And Rescue...

Eh pá... Criem-na lá !...

O senhor Júlio vai à Rádi...

O senhor Júlio e o amigo ...

Contas de Merceeiro...

Esse Mito Urbano chamado ...

Esse Mito Urbano chamado ...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas