Quinta-feira, 28 de Novembro de 2013
João Moutinho, o SUPERMAN lusitano...

Superman é um Super-Herói da DC Comics, criado por Jerry Siegel e desenhado por Joe Shuster, e que surgiu pela primeira vez no ano de 1938.

Kal-El nasceu no planeta Krypton, e foi enviado para a Terra por seus pais, dentro de um foguete. Este foguete aterrou numa cidade chamada Smallville e Kal-El acabou por ser criado por um casal de fazendeiros, que o rebaptizaram com o nome de Clark Kent.

Clark era detentor de uma série de super-poderes, que faziam dele um ser quase indestrutível. A força sobre-humana, a capacidade de voar, a velocidade dos seus reflexos, a capacidade quase ilimitada de regeneração celular, a visão de raio X e os seus sentidos super-desenvolvidos, fariam dele um ser indestrutível, não fosse a susceptibilidade à kryptonite, uma pedra verde originária do planeta Krypton, que lhe retirava os poderes, o enfraquecia e que, no limite, lhe podia mesmo provocar a morte.

A história de João Moutinho é em tudo semelhante à de Clark Kent

João nasceu na cidade de Portymon, e cedo foi enviado para as escolas da Smallville portuguesa (Oa - Oficina de alvalade), quando contava apenas 13 anos. Aí se manteve, como um Lanterna Verde, durante 11 longos e penosos anos.

Desde cedo se percebeu que, apesar da sua pequena estatura, João era detentor de uma grande capacidade técnica, com uma visão de jogo absolutamente invulgar, apenas comparada á visão raio X de Superman. Os seus sentidos super-desenvolvidos permitiam-lhe ter um raro sentido de posicionamento no campo, e ser um estratega de eleição.

Nos seus últimos dias em Smalville, João acabou por sofrer os efeitos da exposição prolongada à kryptonite da cor dos Lanternas Verdes, vendo o seu corpo apodrecer progressivamente. Quem lhe fez este brilhante diagnóstico foi o então líder dos Lanternas Verdes, que chegou a afirmar que João se transformara numa autêntica “maçã podre”.

Salvo no último momento pelo seu amigo Jorge Nuno, João Moutinho abandonou então a Green Lantern Corps lusitana (pode ver aqui o que era esta Força), o que lhe permitiu afastar-se da pedra verde que o envenenava, e assim regenerar completamente o seu corpo.

João Moutinho conheceu então a glória a que nunca pensou poder algum dia ter acesso, quer a nível nacional, quer a nível europeu, e que acabou por o levar para terras gaulesas, onde hoje-em-dia espalha o perfume do seu enorme potencial.

E pronto, é esta a história do mais recente Super-Herói plagiado pelo Miguel Salazar e por mim próprio.

A história de João Moutinho, o SUPERMAN lusitano...

 

José Rialto

 

FONTE DE PESQUISA:

Superman (comic book), from Wikipedia


(para ver Super-Heróis e Super-Vilões, lusitanos, luso-brasileiros e estrangeiros, carregar aqui)



publicado por Miguel Salazar às 23:58
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

2 comentários:
De jogadores mundial 2014 a 31 de Dezembro de 2013 às 16:05
Gosto muito das caricaturas que estão neste blogue, mas esta é particularmente divertida (bem como o texto que a acompanha) :) Parabéns pela criatividade!


De Miguel Salazar a 1 de Janeiro de 2014 às 20:17
Muito obrigado.
Não perca então os próximos Super-Heróis.
Ainda faltam publicar quase 2 dezenas.
Spiderman, Batman, Robin, Aquaman, Phantom e Human Torch são apenas alguns deles...


Comentar artigo

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

a Sétima Cruzada da Era M...

O rapaz do Bar...

Bongani Zungu...

Em busca da segunda chave...

A primeira das duas chave...

8º aniversário do “ÁLB’oo...

O homem-forte, o menino b...

Dragão d'Ouro...

Janeiro, o mês do nosso m...

O "déjà vu" de Jorge Simã...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas