Domingo, 12 de Janeiro de 2014
Paulo Oliveira, o BATMAN lusitano...

Batman é um Super-Herói da DC Comics, criado por Bill Finger e desdenhado por Bob Kane, e que surgiu pela primeira vez em 1939.

Nas ruas de Gotham City, a Lei e a Ordem eram defendidas pelo Comissário Gordon (Chefe da Polícia), e por dois Super-Heróis que formavam o Duo Fantástico (Fantastic Duo) – Batman e Robin. Na barra dos Tribunais, a face da Lei era Harvey Dent (o Promotor Público da cidade).

Batman não era detentor de quaisquer super-poderes. Na verdade, ele tinha ”apenas” a perícia de um atleta de eleição – o atleta perfeito. A essas qualidades, juntava uma variedade enorme de armas que o seu amigo Lucius Fox inventava, tais como o Batmobile, ou o cinturão de utilidades que parecia dar-lhe sempre uma solução para cada ameaça que Batman tinha de enfrentar. A sua máscara e o seu fato eram de kevlar, o que lhe dava protecção blindada, anti-bala.

Robin era o fiel parceiro de Batman, sempre disponível para o ajudar na sua missão de defesa da cidade.

São algumas as semelhanças de Gotham City com Guimarães e o Vitória.

Em defesa do clube e ao longo dos tempos, sempre houve muitos jogadores que levaram mais alto e mais longe o nome do Vitória e da cidade. Nos tempos mais recentes, entre vários outros, tem-se destacado uma dupla, o nosso Duo Fantástico. Formados nas escolas do Vitória, Paulo Oliveira (Batman) e Tomané (Robin) foram sempre uma presença constante nas selecções nacionais. Crescem de jogo para jogo, e o seu destino será inevitavelmente a Selecção Nacional principal. É apenas uma questão de tempo.

Paulo Oliveira é um atleta de eleição, como o era Batman. Um defesa couraçado, como se de kevlar fosse feito, agressivo mas leal, praticamente instransponível. Tal como Batman, Paulo Oliveira também parece ter o seu “cinto de utilidades”, sempre com uma solução para todas as situações, por mais difíceis que elas se possam apresentar. Por isso o papel do Cavaleiro Negro não podia ser para outra pessoa que não fosse este jovem vitoriano.

Quanto ao papel de Harvey Dent, esse foi dado a Custódio... mas o de Two-Face foi mesmo ele quem o escolheu.

E pronto, é esta a história do mais recente Super-Herói plagiado pelo Miguel Salazar e por mim próprio.

A história de Paulo Oliveira, o BATMAN lusitano...

 

José Rialto

 

FONTE DE PESQUISA:

Batman, from Wikipedia

 

(para ver Super-Heróis e Super-Vilões, lusitanos, luso-brasileiros e estrangeiros, carregar aqui)



publicado por Miguel Salazar às 01:17
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

Bongani Zungu...

Em busca da segunda chave...

A primeira das duas chave...

8º aniversário do “ÁLB’oo...

O homem-forte, o menino b...

Dragão d'Ouro...

Janeiro, o mês do nosso m...

O "déjà vu" de Jorge Simã...

David e Golias...

Show de bola no Sambódrom...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas