Sábado, 25 de Janeiro de 2014
Jürgen Klinsmann, o CAPTAIN AMERICA germânico...

Captain America é um Super-Herói da Marvel Comics, criado por Joe Simon e desenhado por Jack Kirby, e que surgiu pela primeira vez no ano de 1941.

Steve Rogers era um rapaz franzino e debilitado, a quem foi recusado o alistamento no Exército Americano. Rogers queria ajudar o seu país na guerra contra a Alemanha Nazi (II Guerra Mundial), mas a sua debilidade física não lho permitiu. No entanto, a sua determinação para ajudar no esforço de guerra, levou-o mesmo a aceitar participar numa experiência científica que visava a criação de um super-soldado. Rogers recebeu então o “soro do Super-Soldado”, e sequencialmente foi exposto a uma irradiação especial. Da conjugação das duas exposições resultou efectivamente um super-atleta musculoso, forte, veloz e ágil. A experiência teria sido um sucesso absoluto se o cientista criador do soro não tivesse sido assassinado por um agente Nazi. O pior é que não havia registos da fórmula, e assim, com a sua morte, desaparecia também a fórmula do soro. A intenção era criar um exército de Super-Soldados, mas a intervenção inesperada do agente inimigo, fez com que tivesse sido criado apenas um... o Capitão AméricaA única arma que este Super-Herói utilizava era o seu escudo, feito de uma liga metálica quase indestrutível, cuja criação tinha sido obra do acaso, e cuja fórmula nunca se tinha chegado a conhecer. Para além da defesa que lhe conferia, o escudo também podia ser usado como uma arma de arremesso, funcionando como um "boomerang". O seu fato era feito de titânio revestido por kevlar, o que lhe conferia uma fantástica blindagem.

O alemão Jürgen Klinsmann é o actual seleccionador Norte-Americano de futebol

Curiosamente, o fato do Capitão América tem as cores de todos os clubes que Klinsmann representou ao logo da sua carreira. Desde logo, e como é óbvio, as cores da Selecção dos Estados Unidos. Mas há mais, muito mais. As cores vermelha e branca do Stuttgart, do Mónaco, do Bayern de Munique e do Gingen (clube onde iniciou a sua formação). O branco da Selecção Nacional Alemã e do Geislingen (outro dos clubes da sua formação). A cor azul do Inter de Milão, do Tottenham, da Sampdoria e ainda do Stuttgarter Kickers (clube da sua juventude). E, finalmente, a estrela que também representa o clube norte-americano onde Klinsmann terminou a sua carreira como jogador de futebol – o Orange County Blue Star.

A bem da nossa Selecção, esperemos que Klinsmann apenas partilhe com Rogers a luta pela defesa do ideal americano e as cores do seu fato. Claro que, mesmo que ele disponha de alguns dos super-poderes do Capitão América, como a força, a velocidade, a agilidade e mesmos os reflexos, todos eles no limite da capacidade humana, também não lhe serão de grande utilidade na sua condição de treinador. Mas a verdade é que outros existem, como a resistência, a regeneração fisiológica e a rapidez de aprendizagem que, a existirem, poderão ser bem mais preocupantes para os adversários de Klinsmann. Quanto ao seu famoso escudo, vamos torcer para que seja apenas um elemento decorativo, pois o original constituía-se como uma barreira quase intransponível, e uma arma de arremesso de efeito devastador. Por tudo isto, esperemos então que as semelhanças entre os dois se fiquem pela defesa do ideal americano... e pelas cores do fato.

A última curiosidade sobre a escolha do Capitão América, é o facto de Klinsmann ter a mesma nacionalidade daqueles que o Super-Herói original combatia. Claro que as semelhanças se ficam pela nacionalidade, pois os ideais serão por certo bem diferentes, mas não deixa de ser uma ironia... intencional, como não poderia deixar de ser...

E pronto, é esta a história do mais recente Super-Herói plagiado pelo Miguel Salazar e por mim próprio.

A história de Jürgen Klinsmann, o CAPTAIN AMERICA germânico...

 

José Rialto

 

FONTE DE PESQUISA:

Captain America (Steve Rogers), from Marvel Universe Wiki

 

(para ver os Super-Heróis e Super-Vilões, lusitanos, luso-brasileiros e estrangeiros, carregar aqui)



publicado por Miguel Salazar às 19:24
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

a Sétima Cruzada da Era M...

O rapaz do Bar...

Bongani Zungu...

Em busca da segunda chave...

A primeira das duas chave...

8º aniversário do “ÁLB’oo...

O homem-forte, o menino b...

Dragão d'Ouro...

Janeiro, o mês do nosso m...

O "déjà vu" de Jorge Simã...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas