Segunda-feira, 30 de Janeiro de 2017
O "déjà vu" de Jorge Simão...

20170129 Moreirense.png

Já tinha passado uma semana sobre o show de bola que os Conquistadores tinham dado no Sambódromo Municipal de Braga, mas a sensação voltava a ser a mesma.

Uma vez mais, Jorge Simão assistia sem poder fazer muita coisa. E uma vez mais resolveu ir para as bancadas. agora menos desertas, para melhor contemplar o espectáculo novamente proporcionado pelo seu adversário. As sensações de há uma semana repetiam-se, sem que pudesse fazer muito para as contrariar. Havia coisas diferentes, é certo, mas a sensação de impotência era a mesma. O recinto era esquisito - tinha 4 bancadas - coisa que toda a gente sabe que não pode acontecer num sambódromo que se preze, mas o show era o mesmo: o mesmo desfile, o mesmo espectáculo avassalador, a mesma desolação das bancadas, um outro adversário, sim, mas do mesmo concelho de Guimarães.

Jorge Simão estava mesmo a ter um déjà vu e, como tal, já não tinha quaisquer esperanças sobre o desfecho final daquele espectáculo. O pior de tudo é que mais do que perder 3 pontos, Jorge Simão acabara de perder uma taça. A mesma taça com que o carrasco Cauê já brincava agora...

 

José Rialto



publicado por Miguel Salazar às 23:10
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

Bongani Zungu...

Em busca da segunda chave...

A primeira das duas chave...

8º aniversário do “ÁLB’oo...

O homem-forte, o menino b...

Dragão d'Ouro...

Janeiro, o mês do nosso m...

O "déjà vu" de Jorge Simã...

David e Golias...

Show de bola no Sambódrom...

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
visitas nas últimas 24h

visitas acumuladas

páginas visualizadas