Sábado, 15 de Junho de 2019
João Pedro Santos, Rei dos Mares Lusitanos e de todas as Piscinas d'Entre-Minho-e-Guadiana...

20190614 João Pedro Santos.png

... montado no seu tubarão-martelo "São João".

 



publicado por Miguel Salazar às 00:26
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quinta-feira, 13 de Junho de 2019
Miguel Castro, Cavaleiro-Marinho do Berço, Senhor d'outras Piscinas d'Entr'o-Ave-e-Couros...

20190613 Miguel Castro.png

... montado no seu cavalo-marinho "Vimaranes".

 



publicado por Miguel Salazar às 22:18
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quarta-feira, 12 de Junho de 2019
Dumitru Sobetchi, Cavaleiro-Marinho Luso-Moldavo, Senhor de todas as Piscinas d'Além-Cárpatos...

20190611 Dumitru Sobetchi.png

... montado no seu cavalo-marinho "Molda".

 



publicado por Miguel Salazar às 20:00
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quinta-feira, 6 de Junho de 2019
João Costa, Cavaleiro-Marinho do Berço, Capitão-de-Mar-e-Guerra da Armada d'El-Rei, e Senhor d'algumas Piscinas d'Entr'o-Ave-e-Couros...

20190511 João Costa.png

... montado no seu "Beldemónio-dos-Mares",

cavalo-marinho aparentado com o "Beldemónio" de José Minotes.

 



publicado por Miguel Salazar às 21:03
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Sábado, 11 de Maio de 2019
Pedro Cunha, Cavaleiro-Marinho do Berço, Senhor d'algumas Piscinas d'Entr'o-Ave-e-Couros...

20190505 Pedro Cunha.png

... montado no seu cavalo-marinho "Benlhevai".

 



publicado por Miguel Salazar às 20:00
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quinta-feira, 9 de Maio de 2019
Pedro Sousa, Cavaleiro-Marinho Tripeiro, Senhor de todas as Piscinas d'Entre-Douro-e-Leça...

20190427 Pedro Sousa.png

... montado na sua égua-marinha "Invicta".

 



publicado por Miguel Salazar às 20:00
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quinta-feira, 2 de Maio de 2019
Marcelo das Chagas, Cavaleiro-Marinho das Terras de Vera-Cruz, Guardião de todas as Piscinas d'Além-Mar...

20190426 Marcelo Chagas.png

... montado na sua égua-marinha "Carioca".

 



publicado por Miguel Salazar às 13:03
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quarta-feira, 1 de Maio de 2019
Attila, Cavaleiro-Marinho Huno, Senhor de todas as Piscinas d'Entr'os-Alpes-e-os-Cárpatos...

20190423 Kincses Attila.png

... montado no seu cavalo-marinho "Magyarország".

 



publicado por Miguel Salazar às 12:55
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Sábado, 13 de Abril de 2019
Rochinha...

20190412 Rochinha.png



publicado por Miguel Salazar às 23:12
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Terça-feira, 2 de Abril de 2019
Pedro Henrique (Pedrão)...

20190330 Pedro Henrique.png



publicado por Miguel Salazar às 19:53
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Sexta-feira, 22 de Fevereiro de 2019
Mattheus Oliveira...

20190222 Mattheus Oliveira.png

 



publicado por Miguel Salazar às 22:01
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2019
Falaye Sacko...

20190113 Felaye Sacko.png

 



publicado por Miguel Salazar às 00:01
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Terça-feira, 22 de Janeiro de 2019
Alexandre Guedes...

20190112 Alexandre Guedes.png

 



publicado por Miguel Salazar às 18:58
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Domingo, 6 de Janeiro de 2019
Tozé III...

20190105 Tozé.png

 



publicado por Miguel Salazar às 17:51
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
Davidson...

20181210 Davidson.png



publicado por Miguel Salazar às 20:45
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quinta-feira, 22 de Novembro de 2018
Ilustres Vimaranenses (29) - José Alberto Reis…

JAR.png

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Alberto Cibrão Afonso Reis nasce em Guimarães, a 27 de Dezembro de 1961.

Em 1983 faz o seu primeiro espectáculo ao vivo, em Marco de Canaveses, onde interpreta "Nesta tarde sem fim" (poema de Fernando Pessoa). No entanto, só inicia a sua carreira profissional em 1986, ao assinar contrato com a EMI Valentim de Carvalho.

Em 1987 lança o seus primeiros singles - "Amo-te" (Disco de Prata) e "Setembro".

Em 1988, "Sonhando" é o seu primeiro Disco de Ouro.

Em 1989, o disco "Abraça-me Assim" é Disco de Prata, e José Alberto Reis classifica-se em 4º lugar no XXV Festival RTP da Canção, com "Palavras Cruzadas", de Carlos Paião.

Em 1990 vê editado o seu primeiro álbum - "Encanto" -, já com a editora Vidisco.

O álbum "Alma Rebelde" (de 1994) virá a ser Disco de Ouro em 1996.

Em 1998 é eleito "Rei da Canção Popular".

Em 2001 lança os discos "Mágoa" (em que metade dos temas são da sua autoria), e "Dois Amigos" (dueto com o cantor brasileiro Vinícius).

Em 2006 comemora 20 anos de carreira com a gravação ao vivo de um CD duplo e de um DVD, com os seus maiores êxitos.

A sua filha Helena Isabel já o acompanhou num dos seus espectáculos (no Coliseu dos Recreios), integrando um Coro Infantil, na canção "Vieste ao Mundo para ser Feliz", no ano de 2007.

Em 2009 edita o álbum "Espero Por Ti", em 2011, o CD "Destino" e, em 2014, o disco "Eterno".

O seu filho Luís Gonçalo também seguiu as pisadas do pai, mas num género completamente diferente - é guitarrista no grupo de Heavy Metal "Junkywax".

 

Fernão Rinada

 

 

Fontes de pesquisa:

José Alberto Reis, na Wikipédia

José Alberto Reis, o sítio oficial



publicado por Miguel Salazar às 18:21
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quinta-feira, 15 de Novembro de 2018
Taça da Liga de Futebol 2016/17...

20170713 André Micael.png

André Micael

Moreirense



publicado por Miguel Salazar às 00:01
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018
Taça de Portugal de Futebol 2012/13...

20170614 Douglas de Jesus.png

Douglas de Jesus

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:59
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Taça de Portugal de Basquetebol 2012/13...

20170605 Paulo Cunha.png

Paulo Cunha

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:59
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Campeonato Nacional de Futebol de Praia 2010/11...

20170610 Bruno Torres.png

Bruno Torres

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:58
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Taça de Portugal de Voleibol 2008/09...

20170607 Nelson Brízida.png

Nelson Brízida

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:58
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Taça de Portugal de Andebol 2009/10...

20170609 Rui Silva.png

Rui Silva

Xico Andebol



publicado por Miguel Salazar às 23:58
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Campeonato Nacional de Voleibol 2007/08...

20170606 Allan Cocato.png

Allan Cocato

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:58
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Taça de Portugal de Basquetebol 2007/08...

20170604 Fernando Sá.png

Fernando Sá

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:57
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Supertaça "Cândido de Oliveira" (futebol) 1988/89...

20170602 Neno.png

Neno

Vitória SC



publicado por Miguel Salazar às 23:57
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Domingo, 11 de Novembro de 2018
Ilustres Vimaranenses (28) - Zé Perdigão...

20181109 Zé Perdigão

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

José Salgado da Silva Perdigão nasce em Guimarães, a 22 de Janeiro de 1971.

Zé Perdigão, como é conhecido no meio artístico, inicia a formação musical na sua freguesia-natal (Fermentões), no Centro Cultural e Recreativo e no Orfeão Litúrgico Coral.

Na década de 90 vence por várias vezes o Festival “Guimarães a Cantar” e passa a integrar várias bandas Pop/Rock.

Em 2008 é convidado por José Cid para gravar o seu primeiro disco – “Os Fados do Rock” –, que se transforma num enorme sucesso.

É convidado por Francisco Ribeiro (dos Madredeus), para gravar “A Junção do Bem”, com Tanya Tagaq, Filipa Pais e Natália Casanova, acompanhado pela Orquestra Nacional do Porto

Em 2009, Zé Perdigão é convidado para abrir o espectáculo de José Cid no Campo Pequeno (Lisboa).

Em 2010, faz a 1ª parte do espectáculo de Michael Bolton, no Coliseu dos Recreios de Lisboa, entrando depois em digressão nacional, com o concerto “Zé Perdigão & Outros Fados”.

Em 2011, dá início à gravação do disco “Sons Ibéricos”, produzido por José Cid.

Em 2012, faz a estreia deste trabalho discográfico na Capital Europeia da Cultura, Guimarães ‘2012, participa no espectáculo de homenagem a António Variações, entra em digressão nacional com André Varandas, cantando temas de Zeca Afonso e Adriano Correia de Oliveira e, em Outubro, parte para o Chile, a convite do Maestro Júlio Ortiz e da Embaixada de Portugal naquele país da América do Sul. Até ao final deste ano, Zé Perdigão faz uma série de 17 espectáculos (com lotações esgotadas e com um enorme sucesso) no Chile, na Argentina e ainda no Uruguai.

Zé Perdigão tem uma formação musical variada, com influência de músicos portugueses e sul-americanos, como André Varandas, os chilenos Jorge Prado e Jorge Coulon, o uruguaio Andres Stagnaro, e o equatoriano Max Berrú.

Ainda durante o anos de 2013, edita o álbum "Sons Ibéricos" e também a sua versão espanhola ("Sonidos Ibéricos"), com poemas de Pablo Neruda, Federico Garcia Lorca e Gabriela Mistral.

Em 2014, é agraciado com o título de “Cidadão Honorário” da cidade de Buenos Aires (Argentina), distinção atribuída pela primeira vez a um artista português.

Em 2016, e a convite da Embaixada de Portugal em Cabo Verde, Zé Perdigão canta a bordo do Navio-Escola Sagres. O veleiro deixa Portugal em direcção ao Rio de Janeiro, para levar a bandeira portuguesa até aos Jogos Olímpicos, naquela cidade brasileira. Fazendo escala na Cidade da Praia, em Cabo Verde, actua para a Delegação do Comité Olímpico de Portugal.

Desde Abril de 2016, Zé Perdigão passa a residir em Cabo Verde, preparando o seu próximo disco, num registo de Mornas, Coladeiras e Batuko.

Em 2018 dá a conhecer a música "Nha Terra", uma lindíssima morna. Está ainda previsto para 2018, o lançamento do seu novo disco "EnCanto".

 

Fernão Rinada

 



publicado por Miguel Salazar às 15:18
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quarta-feira, 13 de Junho de 2018
Star Wars (episódio II) - A Batalha de Geonosis....

 



publicado por Miguel Salazar às 00:36
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Domingo, 10 de Junho de 2018
Star Wars (episódio I) - A Guerra das Estrelas....

 



publicado por Miguel Salazar às 22:12
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Sexta-feira, 25 de Maio de 2018
Vítor Campelos...

20180524 Vítor Campelos.png



publicado por Miguel Salazar às 21:00
"link" do artigo | o seu comentário | favorito

Quarta-feira, 4 de Abril de 2018
As Cláusulas e a Tatuagem...

20180404 Júlio Mendes.png 

Entusiasmado pela conversa da transparência que tinha andado a vender aos sócios não havia ainda muito tempo, Júlio Mendes perdera a cabeça e falava agora, pela 2ª vez em menos de 1 ano, às rádios locais. Era uma entrevista simultânea à Fundador e à São Teotónio. Tinha achado piada a esta coisa das entrevistas conjuntas.

Carlos Riacho – Presidente, pode explicar-nos por que motivo usa um emblema de...

Júlio Mendes nem o deixou terminar a pergunta...

JM – Evoco a Cláusula da Confidencialidade !  Lamento, Carlos, mas não posso responder à sua pergunta. Está a ver esta tatuagem ?  É como se fosse uma mordaça. Não posso falar.

Surpreendido pela interrupção e estupefacto com a argumentação, retorquiu...

CR – Confidencialidade ?  Sobre um emblema ?  Não acha um pouco exagerado ?

JM – Pois, se calhar deixei-me entusiasmar. Sabe, é uma coisa instintiva. Ficou-me da campanha.

Pedro Empenho – Quer então responder à pergunta ?

JM – Queria... mas não posso. Evoco a Cláusula... a Cláusula... deixe-me lá pensar... a Cláusula SOS !

PE – A Cláusula SOS ?  Mas que cláusula é essa ?

JM – É a cláusula que existe na minha imaginação e que eu posso evocar sempre que me sinto apertado com uma pergunta. Assim uma espécie de botão de pânico, está a ver ?

CR – Mas se eu nem cheguei a fazê-la... A pergunta é: por que razão usa o senhor um emblema de associado do Vitória de 25 anos, quando toda a gente sabe que apenas entrou para sócio para ser Vice-Presidente de Emílio Macedo da Silva, há pouco mais de 10 ?

JM – Ai era só isso ?  Pensei que era uma armadilha. Nesse caso, evoco a Cláusula... deixe ver... da Transparência !

CR e PE estavam já num estado de total desespero...

PE – Cláusula da Transparência ?!?!

Júlio Mendes assumiu uma postura majestática, quase imperial....

JM – Sim, é a cláusula que me dá o direito de responder, na defesa da minha honra e da do clube de que orgulhosamente eu sou o Presidente, ou Vice-Presidente, desde que sou sócio. JM já parecia Júlio César a dirigir-se ao Senado de Roma – Sim, porque eu sou... o Povo... a Bancada.

CR – E em relação ao emblema...

JM saiu então bruscamente daquele estado de quase-transe, descendo à Terra...

JM – Ah sim. Isso é muito simples. Não é um emblema de 25 anos. É um emblema de dois anos e meio, e esses já os tenho há muito tempo. Eu próprio mandei lá pôr uma vírgula... muito pequenina. Agora, se vocês não a conseguem ver, a culpa não é minha. Se tiverem aí uma lupa, tiramos já as dúvidas. Eu não ando aqui para enganar ninguém...



publicado por Miguel Salazar às 20:12
"link" do artigo | o seu comentário | favorito


procurar cartoons
procurar por nome/palavra
 
desenhos mais recentes

João Pedro Santos, Rei do...

Miguel Castro, Cavaleiro-...

Dumitru Sobetchi, Cavalei...

João Costa, Cavaleiro-Mar...

Pedro Cunha, Cavaleiro-Ma...

Pedro Sousa, Cavaleiro-Ma...

Marcelo das Chagas, Caval...

Attila, Cavaleiro-Marinho...

Rochinha...

Pedro Henrique (Pedrão).....

arquivo de desenhos
tudo sobre
tudo sobre
para explorar o blogue
acerca de nós
páginas visualizadas